Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para busca 3 Ir para rodapé 4 Acessibilidade 5 Alto contraste 6

---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?


Município realiza Noite Cultural Polonesa

Publicado em 02/05/2022 às 09:51 - Atualizado em 02/05/2022 às 15:09

O Projeto de Resgate Histórico do Município de Flor do Sertão iniciou mais uma etapa no último sábado, dia 30 de abril. A primeira etapa foi realizada ainda em 2021, quando foi elaborado um DVD contendo entrevistas com mais de trinta pioneiros e entrega de placas às famílias que primeiro se estabeleceram no local, nas décadas de 50 e 60, além dos membros da Comissão Emancipacionista, que tornou realidade o sonho da emancipação. A segunda etapa está ocorrendo em 2022 e consiste na realização de quatro noites culturais típicas, com objetivo de valorizar as quatro principais culturas que formam a base o povo florsertanense: noite cultural polonesa (dia 30 de abril), noite cultural italiana (dia 04 de junho), noite cultural alemã (06 de agosto) e noite cultural gaúcho-brasileira (17 de setembro).

A atração principal, no primeiro evento, no último sábado, foi o Grupo Folclórico Polonês Krakow, de Rio Claro do Sul (Mallet-PR). Com uma hora e meia de apresentações, o grupo artístico, grande parte composto por crianças e adolescentes, fez uma viagem no tempo, com danças e músicas que exaltam e traduzem as riquezas da cultura polonesa. “Muito bonito, é de se emocionar, pois faz a gente lembrar um pouco de tudo o que nossa gente passou, desde nossos antepassados, saindo da Polônia, até nós, se firmando aqui em Flor do Sertão”, afirmava o Sr. Leonardo Sobieski, que mesmo assoleado pela Dengue, fez questão de prestigiar o evento com a família – que completa 50 anos residindo em Flor do Sertão.

Foram homenageadas as famílias Kasmierski (aqui chegada em 1962), Wocinski (1962), Marczinski (1962 e 1965), Falkoski (filhos de João e Ana, chegados entre 1964 e 1970), Olicheski (1964), Maskoski (1965), Grokt (1972), Sobieski (1972), Wronski e Vaskevicz (1974), Falkoski (filhos da dona Maria, chegados em 1974), Iaronka (1974), Palinski (1979 e 1982), Skierzynski (1979), Prasniski (1981), Selung (1982), Semanski (1982), Rychcik (1985), Rogoski (1986) e Charnoski (2004). O estudo sobre as famílias florsertanenses descendentes de poloneses foi realizado pelo idealizador do Projeto, Jovir Zanuzzo. “A cultura polonesa é marcante em nosso Município; entre as décadas de 60 e 80 vieram para cá muitas famílias e boa parte delas ainda residem aqui, dando significativa contribuição ao desenvolvimento de nosso Município; gente forte, trabalhadora e de fé que merece ser reconhecida e homenageada”, comenta ele.

Para a Administração Municipal, responsável pela realização do Projeto de Resgate Histórico, o objetivo é a valorização das culturas que formam a base do povo florsertanense, além de manter viva e propagar entre os mais novos a história local. “Flor do Sertão tem uma história admirável, construída com o trabalho e a dedicação de muitas pessoas e que não pode ser esquecida; acreditamos que valorizar essa riqueza histórico-cultural é um dever nosso, fortalecendo na nossa população a satisfação em viver aqui”, reconhece o Prefeito Sidnei Willinghöfer, satisfeito com o evento: “ver nos olhos de alguns descendentes poloneses a emoção em poder ter esse contato com sua cultura, suas tradições, não tem preço; foi uma noite marcante e inesquecível”, conclui ele, sem esquecer a saudação “dobranoc”.


Galeria de Fotos

  • {{galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
  • {{galeriaMultimidia.length + galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
Fechar