---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?


Município investe em acesso turístico!

Publicado em 17/10/2019 às 15:23 - Atualizado em 17/10/2019 às 15:52

A instalação da Pequena Central Hidrelétrica em Flor do Sertão, a pouco mais de uma década, ocasionou a formação de um lago bastante atrativo àqueles que gostam de esportes aquáticos ou, simplesmente, querem tranquilidade próximo à água. Em alguns anos, dezenas de edificações foram construídas em locais próximos ao Rio das Antas, que corta o município, formando alguns pequenos “vilarejos”. Um desses locais fica na Linha Fuzil, distante um quilômetro da sede da comunidade. Como o acesso ao local é precário, o município está investindo na pavimentação com pedras irregulares.

O município de Flor do Sertão já conta com mais de 10km de calçamento em vias rurais. O atual investimento ajudará a impulsionar o turismo no município, que também merece atenção – é o que pensa o Diretor de Turismo, Jovir Zanuzzo: “com o lago, temos uma excelente opção turística, mas é necessário garantir infraestrutura adequada para atrair público e viabilizar investimentos; sem dúvida, a pavimentação desse acesso vai gerar impacto positivo ao município”, reconhece Jovir, revelando um propósito: “quem já fez um passeio de barco no lago sabe quanto isso é prazeroso; porque não, futuramente, viabilizar isso a toda nossa população?”

O empresário de Maravilha, Valdir Luis Breitembach (o Meca), é um dos que investiu no local próximo ao lago, onde costuma passar finais de semana ou dias de folga com a família e amigos. Segundo ele, a obra trará grande benefício aos proprietários e a todos os turistas que frequentam o lago pela Linha Fuzil: “o maior problema, para nós e todos que frequentam regularmente o local, era a acessibilidade; essa obra é um sonho se realizando e com certeza vai aumentar consideravelmente o número de turistas no local; parabéns ao município!”, reconhece Meca, destacando que há finais de semana, no verão, que chega a ter dezenas de embarcações no local. É ele que, com sua família em seu barco, todos os anos transporta a imagem de Nossa Senhora, na procissão fluvial da festa de Navegantes, em final de janeiro, na Linha Barra do Taraíras.

O casal de aposentados Miguel e Catarina, que vivem no local, vibram com a obra e comentam com satisfação a boa escolha que fizeram: “a melhor coisa que fizemos foi vir morar na Flor do Sertão; aqui não tem do que reclamar, em todas as áreas, mas principalmente na saúde; meus filhos, quando vêm pra cá, ficam admirados com tudo o que temos à disposição no município; parabéns à Administração e ao povo florsertanense”, reconhece ele, “e quando a gente vai à cidade todos nos cumprimentam, como se vivêssemos aqui a décadas”. É, realmente, um município para se orgulhar!

 

Responsável pela Matéria: Jovir Zanuzzo


Galeria de Fotos

  • {{galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
  • {{galeriaMultimidia.length + galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
Fechar